Buscar
  • ColiseumBlog

A chegada da pandemia do coronavírus no Brasil fez com que as pessoas se deparassem com um misto de diversos sentimentos e sensações: medo, solidariedade, incertezas e insegurança por nós, por nossa família, nosso emprego, nossos negócios. Mas, também vem nos mostrando a prioridade do amor e da necessidade da união em nossas vidas.


Agora, mais do que nunca, é momento de reflexão, é tempo de amar incondicionalmente, de perdoar, de viver intensamente e não perder a chance de dizer: “eu te amo!”. Segundo Nicole Xisto, educadora parental e mediadora de Comunicação Não-Violenta, se expressar a quem se gosta tem valor de espaço, aceitação e presença.


“As pessoas estão mais do nunca aprendendo a olhar para dentro e, nesse movimento, a enxergar o outro. Acredito muito que a autocura nasce desse lugar. O amor não surge apenas em cenários positivos. O amor se constrói. O tempo agora é sobre isso”, afirma.


Da mesma forma que a especialista recomenda falarmos de amor com quem amamos, outras sensações também devem ser validadas neste momento, como o medo. “Validar a nossa vulnerabilidade é o caminho para as relações saudáveis. Assim, liberamos o outro da dívida, a famosa expectativa que o parceiro ocupe um lugar de responsabilidade que apenas é meu”, enfatiza.


E em tempos de confinamento e convivência extrema, o caldeirão da vida a dois deve conter itens como equilíbrio, tolerância, respeito e empatia. Segundo Nicole, o diálogo é a chave para se conviver bem. “Só saímos das brigas e conversas vazias quando nossos pedidos são coerentes e conectados àquilo que carregamos por trás do que sentimentos. Outro ponto é conhecer a sua linguagem de amor e a do parceiro pois ninguém ama igual e para abastecer esses ‘tanques’, temos a possibilidade de amar certo para amar melhor. E, por último e não menos importante, saber lidar com o temperamento. Ele conta muito!”.


Em breve, nossas vidas voltarão à normalidade e nossa liberdade de ir e vir estará de volta. Beijos e abraços poderão ser dados sem medo e cada um de nós levará consigo todo aprendizado de dias destinados a exercitar o afeto por quem nos é realmente importante.


E o Coliseum quer ser sempre o cenário de romantismo para os casais que passaram juntos por cada momento deste grande desafio para a humanidade. Acompanhe nossas redes sociais ou entre em contato conosco via whatsapp para saber sobre a data de nosso retorno às atividades. (16) 99634-7386



#coronavirus #amor #pandemia #motel #solidariedade #casal #covid-19

81 visualizaçõesEscreva um comentário

O pole dance ganhou em 2015 o status de esporte e, desta forma, acabou por se popularizar ainda mais no Brasil. A prática nasceu do Mallakhamb, atividade executada desde o século 12 na Índia, em sua maioria por homens, sendo similar a um Yoga, porém, em um poste de madeira.


No entanto, o pole foi difundido realmente em vários outros países como na França, devido à influência do estilo burlesco na década de 1880 em que as mulheres se apresentavam em casas de shows, e nos EUA onde a prática tomou forma sensual nas casas noturnas e clubes de strip-tease do Óregon na década de 1970.


Fato é que que o pole dance ou o pole fitness – que nasceu do pole dance com uma pegada de condicionamento físico – são práticas para lá de sensuais que elevam a autoestima, sendo cada vez mais buscadas por mulheres de todas as idades, estilos, profissões e biotipos.


Para Kelly Viana, professora de Pole, a (re)descoberta do amor próprio é, inclusive, um dos maiores benefícios dos treinos. “A mulher que pratica aprende a se conhecer e a se gostar. Logo nas primeiras aulas, já percebemos essa mudança de postura”, afirma.


A proprietária do Pole Fitness Academy, em Ribeirão Preto, que atua há seis anos no mercado, possui mais de 70 alunas entre médicas, dentistas, enfermeiras, advogadas, publicitárias, professoras. Outras consequências positivas das aulas, segundo ela, englobam a conquista de flexibilidade, consciência corporal, coordenação motora, ganho de força, condicionamento físico, ganho de massa magra e perda de gordura.


Uma grande fatia das alunas, de acordo com Kelly, busca a prática como uma alternativa às academias convencionais e acaba por descobrir uma paixão. Após entender os movimentos, fortalecer o corpo e criar consciência corporal no pole fitness, a mulher está apta, caso queira, a praticar o pole dance, focado nas danças sensuais e nos jogos de erotismo e, em até quatro aulas, a praticante consegue acompanhar uma coreografia daquelas de tirar o ar. “O segredo do Pole é a persistência. Tem que acreditar em você! Coordenação, força e leveza são consequências do treino”, frisa a professora.


O Coliseum Motel possui duas suítes com pole dance para mulheres que desejam transformar sua estadia em momentos de pura sensualidade. Peça pela Palazzo e Imperatore.



Suíte Palazzo equipada com pole dance para sua estadia ser ainda mais sensual



#poledance #dançasensual #sensual #polefitness #motel #erótico #ribeirão #preto #pole #dance #pole #fitness #suíte #coliseum #Mallakhamb

412 visualizaçõesEscreva um comentário

Atualizado: Fev 20

Todo mundo já passou por aqueles dias de cansaço e estresse que acabam interferindo no apetite e até no desempenho sexual. Se identificada que essa queda na libido é algo apenas vinculado à correria do dia-a-dia, sem ligação com algum problema físico, você pode lançar mão de alguns ingredientes “mágicos” para dar aquela apimentada na sua noite – ou no seu dia, os chamados alimentos afrodisíacos – e a maioria deles você encontra no próprio Coliseum!



Super sexy, o morango está sempre presente em nossa decoração nupcial


Vinho tinto

Além do álcool dar aquela relaxada boa e nos deixar mais desinibidos, o vinho tinto possui um mix todo especial na estimulação sexual, a começar pelo olfato – algumas notas têm esse poder de nos excitar. O vinho também aumenta a concentração de hormônios na corrente sanguínea e fortalece as veias e artérias, possibilitando a melhor circulação do sangue nas zonas erógenas, aumentando desta forma a libido. A carta de vinhos do Coliseum é bastante vasta e um deles pode te ajudar a ter uma estadia ainda mais especial.


Morango

A fruta por si só já é linda e sugere sensualidade e está sempre presente quando o assunto é romance – em nossa decoração nupcial, por exemplo, ela nunca pode faltar! A fruta pode ser usada nas preliminares, com chantily ou não, e além de proporcionar um ambiente erótico, sua quantidade alta de vitamina C ainda melhora o fluxo sanguíneo. E pode abusar que além de deliciosa e sensual, possui pouquíssimas calorias.


Pimenta

Pra quem gosta, fica a dica: abuse sem moderação; a pimenta, que também sugere um clima todo picante, acelera o metabolismo e causa uma excitação a mais. Que tal usá-la em algum drink para esquentar a relação? Clique aqui para ver a dica Coliseum do Michelada que ganha umas gotas de tabasco e promete sensações incríveis.


Café

Deu aquele desânimo? Está sem energia? Tome duas xícaras de café e aguarde os resultados. A cafeína é um estimulante sexual por ativar o sistema nervoso e garantir mais disposição e energia. Nossa sugestão é: pedir aquele café da manhã delícia que é cortesia na pernoite e repetir a dose do namoro da noite anterior que a gente sabe que foi uma delícia.


Chocolate

Tudo a ver com romance, o chocolate é o doce que alegra a vida por aumentar a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar. Além de delicioso, possui um estimulante chamado alcaloide que garante uma libido dos deuses. Se quiser apimentar a noite, em nosso frigobar sempre tem uma delícia dessas te esperando.



#motel #afrodisíaco #café #pimenta #drinks #ribeirãopreto #coliseum #sexo

477 visualizaçõesEscreva um comentário